Ads Top

5 Lendas de Natal absolutamente aterrorizantes!


O Natal é um momento para a família, amor e a alegria, mas isso não significa que o horror não tenha um lugar nessa data. Enquanto muitas famílias vão celebrar a visita anual do Papai Noel na véspera de Natal, algumas famílias estarão se preparando para visitas de personagens mais sinistras. As seguintes cinco lendas de Natal falam de criaturas nefastas ou pessoas que fazem mais mal do que bem durante as férias. Qual deles é o mais assustador? 

1. Krampus


Krampus entrou na cultura popular graças a filmes como o Krampus de Michael Dougherty, mas isso nem sempre foi o caso. De acordo com a lenda, Krampus (cujo nome vem da palavra alemã para "garra") é meio homem, meio cabra com cascos e uma língua longa que visitaria as casas de crianças impertinentes. Krampus com seus ramos de vidoeiro ou um chicote pega crianças e leva ao seu covil para aprisionar para sempre.


2. Belsnickel


Suas origens apareceram ao início dos anos 1800. Belsnickel é um velho mal-humorado que entregaria bolos, doces e nozes para as crianças boas e chicoteava as crianças ruim nas vésperas de Natal.


3. Perchta


Perchta é um espírito de dupla gênese que pode aparecer como uma mulher bonita ou uma entidade. Ela visitaria casas ao longo dos 12 dias do Natal e determinaria (como muitos dos outros personagens desta lista) se as crianças se comportaram ou não durante todo o ano. Se fossem boazinhas, deixaria uma moeda de prata. Se não, ela cortaria as barrigas, tirou as tripas e fecharia o buraco com palha e seixos. Isso é ... muito tenso. Tenho certeza de que muitas crianças temiam dezembro inteiro receber uma visita de Perchta.


4. Grýla


Originando na Islândia, Grýla é uma gigante que é capaz de sentir as crianças mal comportadas durante todo o ano. Ela mantém um registro dessas crianças e come-as como lanche durante a época do Natal. Como você pode ver na imagem abaixo, ela freqüentemente faz um cozido com as crianças impertinentes.


5. Knecht Ruprecht


 Knecht Ruprecht foi mencionado como um companheiro de São Nicolau, mas ele iria de casa em casa e pedia às crianças que orassem. Se o fizessem, ele lhes daria um deleite (maçãs, nozes, etc.), mas, se não o fizessem, ele lhes daria bugigangas inúteis (carvão, bastões, etc.). O pior viria se eles se recusassem a orar na segunda tentativa... Com sua bolsa de cinzas que ele gostava de transportar... bem, não preciso contar de onde vem essas cinzas. 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.